Banner 1

O Centro de Estudos Interdisciplinares de Comunicação (CEC) lançou, oficialmente, no fim da tarde desta segunda-feira, 19 de Novembro, a semana de comunicação. O evento, que contou com uma conferência de imprensa, terá o seu ponto mais alto na próxima quinta e sexta-feira, com a realização da II Conferência Internacional sobre Comunicação.

A cerimónia do lançamento da semana de comunicação foi presidida pelo Dr. Ernesto Nhanale, director executivo do CEC. A mesma contou ainda com a presença de alguns oradores, nomeadamente Helge Ronning, professor da Universidade de Oslo, Noruega, e Egídio Vaz, historiador e pesquisador do CEC.


Sob o tema “Comunicação social e desenvolvimento em Moçambique - Contexto e desafios na construção de uma sociedade justa e inclusiva”, conforme referiu Ernesto Nhanale, a conferência vai, no geral, debater o papel que os media têm na promoção do desenvolvimento, considerando que um dos factores principais para que haja desenvolvimento é o acesso à informação, participação e promoção das liberdades. Nhanale sublinhou ainda que a conferência vai discutir o papel do jornalismo no combate à corrupção, a falta de profissionalismo e o respeito pelas questões éticas na cobertura de assuntos sensíveis como a corrupção.
Para além da conferência, a semana de comunicação, lançada esta segunda-feira, será caracterizada, entre outras actividades, por debates televisivos e radiofónicos e pela participação em programas interactivos nos principais órgãos de comunicação social.
No que diz respeito à conferência, para além do professor Helge Ronning e do pesquisador Egídio Vaz, nela tomarão parte, como oradores, vários pesquisadores e académicos nacionais e estrangeiros.
Eduardo Sitoe, da Universidade Eduardo Mondlane; Carlos Bavo, do Centro dos Estudos Africanos da UEM; Salimo Valá, do Ministério de Planificação e Desenvolvimento e docente Universitário, são alguns dos oradores da parte moçambicana. De Portugal estará presente a investigadora Isabel Cunha e do Brasil vem o professor António Hohlfeldet.
Isabel Cunha é investigadora do Centro de Investigação dos Media e Jornalismo da Universidade de Coimbra enquanto que António Hohlfeldet é professor universitário, escritor e investigador.Este último é, actualmente, presidente da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação – INTERCOM.