Banner 1

 

 

No último dia 14 de Julho de 2017, a infografia e a reportagem intitulada “As mazelas que a serra acoberta”, produzidas pelo jornalista Armando Nhantumbo, como parte do programa de formação em Jornalismo de Dados que o Centro de Estudos Interdisciplinares de Comunicação (CEC) está a desenvolver com diferentes jornais da capital do país, foi destaque e capa do Jornal Savana.

Esta reportagem, sobre a retirada ou não dos militares em algumas das oito posições em Gorongosa, é mais um fruto do trabalho e parcerias que o CEC tem vindo a desenvolver com as diferentes empresas de comunicação social em Moçambique. Trata-se da segunda edição do programa de capacitação de jornalistas em matéria de Jornalismo de Dados envolvendo cinco jornalistas dos jornais Savana, Canal de Moçambique, Jornal Notícias e mediaFax. A primeira edição teve início em Outubro de 2015, tornando o CEC numa das principais instituições de comunicação a desenvolver capacitação de jornalistas nesta matéria a nível do país.

Entende-se por Jornalismo de Dados a técnica de colecta, análise, filtragem e combinação de dados com o objectivo de conceber histórias. Estas técnicas permitem construir gráficos, infográficos e visualizações mais inteligíveis, de fácil compreensão e interessantes. A prática de jornalismo de dados exige do jornalista conhecimentos em computação, design e matemática.

Em entrevista com o jornalista Armando Nhantumbo, este enalteceu os ganhos que tem tido ao longo desta formação, com destaque para o facto de o Jornalismo de Dados permitir que se conte histórias complexas através de imagens criativas. Para este jornalista do Savana, esta capacitação traz como mais-valia para o seu Jornal e para o jornalismo moçambicano o facto de, à clássica narrativa jornalística, combinar-se uma vertente inovadora e fascinante que consiste na ilustração infográfica de um determinado facto. Nhantumbo diz ainda que o facto de a sua matéria ter sido manchete é o reconhecimento do papel incontornável do Jornalismo de Dados para o futuro.

O Centro de Estudos Interdisciplinares de Comunicação (CEC) é uma organização, sem fins lucrativos, fundada em Novembro de 2010, em Moçambique, com o objectivo de dinamizar a investigação na área de comunicação social, bem como a promoção de intercâmbio entre os órgãos de comunicação, as instituições de formação para garantir uma maior contribuição dos seus profissionais na resolução dos diversos problemas que o país enfrente.

FaLang translation system by Faboba